CearáDestaquesIpu

Imagem que chorou sangue, virou destaque na TV Cearense: Assistam

Repórter Arnaldo, do Programa Vem Que Tem, durante reportagem na frente da residência da imagem que chorou lágrimas de sangue. (Foto: Jardel Pessoa/Agência Ipu Post)

A equipe da TV Jangadeiro filiada ao SBT no Estado do Ceará, esteve na quinta-feira (15), em Ipu, acompanhando de perto o fenômeno registrado em Ipu.

Na última quinta-feira (15), o repórter Arnaldo, do Programa Vem Que Tem, apresentado por Nilson Fagata, esteve em Ipu, na região Noroeste Cearense, 296 quilômetros de Fortaleza, para acompanhar melhor a história do fenômeno misterioso que foi registrado no município da Bica mais bonita do Ceará.

A equipe veio em busca da história da imagem de Nossa Senhora de Fátima, que segundo os fieis, teria chorado lágrimas de sangue, em uma residência, localizada no Bairro da Boa Vista, nas imediações do centro da cidade de pouco mais de 40 mil habitantes.

A reportagem se dirigiu ao local, conversou com a dona da residência, a senhora Isadora, que recebeu muito bem a equipe. Segundo explica a religiosa, desde pequena ela recebe as manifestações de nossa senhora, ela também explicou que há mais de um mês, ela estava rezando quando viu a imagem estava com uma boca e um olho diferente.

A equipe do Programa Vem Que Tem, da Jangadeiro/SBT, esteve no último dia (15) de Março em Ipu. (Foto: Jardel Pessoa/Agência Ipu Post)

Logo em seguida, a manifestação foi através de um líquido, que segundo ela seria um olho de unção e por último ás lágrimas de sangue. A senhora, preferiu não gravar entrevista, pois segundo ela, não seria hora de se manifestar, e afirmou que não quer aparecer.

Um fato curioso sobre o caso, é que uma das primeiras pessoas há ter contato com o líquido/óleo exalado pela imagem de Nossa Senhora de Fátima, afirmou que pegou um pouco do óleo, passou na portas da residência e depois guardou, como se tivesse guardado ouro, mas misteriosamente ele desapareceu.

O caso foi relatado por pelo menos duas pessoas, que afirmaram que o algodão desapareceu misteriosamente. O Pároco da cidade, não quis gravar entrevista, mas afirmou que tomou conhecimento, a igreja foi notificada e deverá investigar. (Acompanhem Abaixo)

Da Redação do Ipu Post
Diretor-Geral: Jardel Pessoa

Comente com Facebook