DestaquesMundo

Laboratório britânico oferece R$ 22 mil a quem aceitar ser infectado pelo novo coronavírus

Cepas mais fracas do novo coronavírus serão usadas nos testes com cobaias Foto: reprodução

Sediada em Londres, empresa colocará os participantes dos testes em quarentena por duas semanas

 

Um laboratório britânico procura 24 voluntários que aceitem ser infectados pelo novo coronavírus para participar de testes necessários para desenvolver uma vacina contra a doença que assusta o mundo, informaram o jornal americano “New York Post”  e o britânico “The Times”. Sediado em Londres, o Queen Mary BioEnterprises Innovation Centre promete pagar cerca de 3.500 libras esterlinas (cerca de R$ 22 mil) a cada uma das cobaias.

Há exigências. Os participantes têm de ficar em quarentena por duas semanas, enfrentar uma dieta com restrições e evitar contato humano e exercícios. Os interessados vão ser submetidos a uma bateria de testes para ser selecionados. Eles vão receber uma versão mais fraca do vírus em seus corpos. 

Os médicos que vão estudar as cobaias e testar os pacientes vão ficar protegidos por roupas especiais para evitar a contaminação. Eles vão analisar os sintomas nos pacientes e suas respostas às vacinas. O objetivo do laboratório é conseguir resultados para ajudar os pesquisadores a encontrarem tratamentos mais efetivos.

O laboratório londrino é uma das 20 empresas envolvidas em um esforço mundial para encontrar uma vacina que fique pronta até o fim deste ano.

 

Fonte: DN

Comente com Facebook

É proibida a reprodução do conteúdo desse site.
%d blogueiros gostam disto: