CearáDestaques

Festa de São Sebastião em Ipu tem forte expressão da fé e ganha reconhecimento nacional através de selo comemorativo dos Correios

Os festejos de São Sebastião na Paróquia de Ipu, que tem o santo como padroeiro, já tem caráter tradicional há muitos anos. São 174 anos de Festa ininterrupta, o que fez com que a Paróquia ganhasse um selo comemorativo em parceria com os Correios, evento este, que tem relevância nacional.

A festa do padroeiro contou com algumas programações que já são esperadas pelos paroquianos, dentre elas, a Cavalgada de São Sebastião, em que cavaleiros e amazonas percorrem as ruas da cidade fazendo menção ao Santo Mártir; a Pedalada pela Paz, que vem acontecendo há sete anos, momento em que os paroquianos fazem um percurso pela cidade através de ciclismo, apelando por Paz; a participação da Banda Municipal, que dar toda uma característica solene à Festa de São Sebastião; a realização da Alvorada, que neste ano teve queima de fogos em todas as Capelas e bairros da cidade, todos acontecendo no mesmo horário do amanhecer, em torno de 5h30 e ainda, a Procissão com a imagem de São Sebastião no último dia. Todas essas programações trazem grande movimentação à Paróquia e à cidade, despertando a fé dos paroquianos e visitantes. É neste período também, que os filhos da terra costumam retornar a sua cidade natal para participar dos festejos.

Durante as novenas e missas, padres de outras paróquias foram convidados e o encerramento aconteceu com uma missa presidida pelo nosso Bispo Diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos. Neste ano, a festa contou com a presença dos padres:  Pe. Francisco Alves Magalhães – Paróquia de Nossa Senhora da Saúde de Frecheirinha; Pe. João Batista Nery – Paróquia de Santo Antônio de Cariré; Pe. José Elmir Gomes – Nossa Senhora da Piedade de Coreaú; Pe. Lucas do Nascimento Moreira – Paróquia de São José de Sumaré, Sobral; Pe. Eufrásio da Silva Filho – Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Reriutaba; Pe. Manoelito Quinto Vieira – Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Pires Ferreira; Pe. Raimundo Natálio do Nascimento – Paróquia de Nossa Senhora das Graças, Diocese de Duque de Caxias – RJ, ele que costumeiramente visita à Paróquia neste período e por fim, Pe. Raimundo Nonato Timbó de Paiva – Paróquia de São Manuel de Marco e que por 17 anos foi pároco em Ipu. E é claro que a festa contou também com a participação e organização de seu pároco e vigário atuais, Pe. João Batista Rodrigues de Vasconcelos e Pe. Fábio de Sousa Barbosa.

O tema geral da festa neste ano foi “São Sebastião, protetor dos que vivem a fé” e teve toda a espiritualidade voltada a essa temática, com subtemas diários que se relacionavam com os Evangelhos, fato que proporcionou uma excelente coerência durante as homilias e reascendeu a fé daqueles que participaram dos festejos, o que pode ser observado através do testemunho da paroquiana Samylia Mayra: “Iniciar o ano com a festa do Nosso Santo Padroeiro é uma bela forma de vivificar a nossa fé. E nesse ano, em que o tema central fez referência à fé, pude abrir ainda mais o meu coração à Palavra de Deus. A cada novena, a cada música tocada na Santa Missa e a cada homilia foi possível preencher-me ainda mais da fé transmitida por São Sebastião, santo este, que colocou sempre Deus acima de tudo e não renegou sua obediência a Cristo Jesus, diante das adversidades que lhe foram condicionadas. De modo particular, essa festa foi uma grande graça, pois pude participar de todas as celebrações, recebi a imagem do Padroeiro em minha residência e recebi o sacramento da confissão.” (Samylia Mayra da Costa Siqueira, paroquiana de São Sebastião de Ipu).

A Festa de São Sebastião não só proporcionou envolvimento e participação dos paroquianos e visitantes, como incentivou um trabalho mútuo por partes dos grupos e pastorais, que não mediram esforços para realizar uma bela Festa em homenagem ao santo mártir, trazendo, pois, unidade no serviço pastoral.
E como foi citado no início, a Paróquia de São Sebastião de Ipu foi presenteada com um selo em parceria com os Correios, em comemoração aos 174 anos da presença ininterrupta de padres na cidade, celebrando os festejos de São Sebastião. Sendo que, este evento é considerado nacional, dando assim, reconhecimento também nacional à Festa de São Sebastião de Ipu. O selo e o carimbo comemorativo serão utilizados nas correspondências da cidade durante 30 dias, findando este período, o selo irá compor o acervo do Museu Nacional dos Correios, em Brasília. Essa solenidade aconteceu no dia 20 de janeiro, encerramento da Festa. E contou com a representação do Governo Municipal na pessoa do Exmo. Senhor Prefeito Carlos Sérgio Rufino Moreira, com as Secretarias de Turismo e Educação e com senhor Mirialdo Faustino Beserra, gerente da Região de Atendimento 3, representando o senhor superintendente dos Correios no Ceará, Érico Jovino Sales.

Por fim, o nosso Bispo Dom Vasconcelos saudou a Paróquia neste momento tão importante de visibilidade, dizendo: “O selo tem um significado (…). É um símbolo de autenticidade, sinal de fidelidade e segurança. Quando a Companhia Nacional dos Correios e Telégrafos reconhece que a Festa de São Sebastião do Ipu merece um selo, está dizendo que nesta festa existe autenticidade, fidelidade e segurança, que tudo isso se perpetue por todo o sempre!” (Dom. Vasconcelos). E de fato, essa festa proporcionou uma experiência de fé autêntica, fiel e segura com a Pessoa de Jesus Cristo, através da intercessão do jovem santo mártir São Sebastião.

 

Por Solange Silva Soares,
Paróquia São Sebastião de Ipu
Via: Ipu Notícias

Comente com Facebook

%d blogueiros gostam disto: