DestaquesIpu

AO VIVO: Cearense na Itália fala sobre o coronavírus e faz orientações aos ipuenses

Cearense está há 20 dias em casa. (Foto: Aline Lucena)

 

A cearense Aline Lucena mora na Itália, concede entrevista exclusiva ao repórter Jardel Pessoa, a brasileira mostra últimas informações do coronavírus no país europeu.

Youtuber Aline na Itália. (Foto: Aline Lucena)

A cearense Aline Lucena, esta na região de Sicília na Itália, morando no continente europeu há vários anos, a brasileira de Crateús conhece os dois lados da moeda, conforme ela destaca. Existe uma preocupação enorme em relação ao coronavírus em afetar o nosso país.

Na entrevista concedida ao vivo agora na página do Instagram do repórter e diretor do Ipu Post, Jardel Pessoa e na página do site, no Facebook, Portal Ipu Post, a crateuense mostra a verdadeira face do novo coronavírus covid-19, a preocupação, é realmente enorme, conforme destacou em contato da nossa reportagem nos últimos dias.

Atualização 

O repórter Jardel Pessoa entrevistou via live no Instragram, por quase 1:30, a brasileira Aline Lucena, natural de Crateús. A cearense destacou os principais pontos do novo coronavírus e mostrou preocupação enorme com a situação do Ceará.

A Youtuber que mora na Itália há 10 anos, informou que no país, não apenas idosos, mas pessoas de outras faixas etárias foram infectados e morreram pelo covid-19, conforme Aline, no início italianos não acreditavam e nem deram importância para gravidade do vírus.

O vírus começou a propagação no inicio de fevereiro no Norte do país, sendo considerada Zona Vermelha (Zona Rossa em italiano), na Lombardia e a região acabou sendo isolada. Bérgamo, uma das cidades mais atingidas, recentemente foi destaque mundial onde uma foto de carros do exército estavam em frente um necrotério aguardando corpos de mortos do novo coronavírus viralizou.

(Foto: Aline Lucena)

Por fim, a crateuense destacou a preocupação e cobrou das autoridades mais transparência e um cuidado em relação a prevenção á pandemia do covid-19 no país. A preocupação com os brasileiros, cearense especial, é  devido a falta de estrutura, na Itália tem saúde de qualidade e mesmo assim estamos sofrendo, imagina o Brasil que tem deficiência na área, destaca a cearense.

A Youtube finalizou mostrando ruas no entorno de sua casa, mostrando um local praticamente sem movimento e um respeito por parte dos italianos a quarentena. Conforme o marido de Aline, o Governo Italiano tornou mais rígidos as regras, o exército esta nas ruas com drones, e quem for pego na rua, poderá ser preso, pagar multa entre 300 e 3 mil euros (Cerca de 15 mil reais), e responder processo, podendo ficar preso por 5 anos.

De acordo com a Youtuber, quando alguém tem que realizar uma atividade, é precisar levar um certificado impresso da internet deixado disponível pelo Governo Italiano e somente um membro da família pode sair para que não ocorra risco alto de infecção pelo COVID-19.   (Vejam abaixo o canal do Youtube Aline na Itália; CLIQUE AQUI E ACESSE)

 

Da Redação do Ipu Post
Diretor-Geral: Jardel Pessoa

Comente com Facebook

%d blogueiros gostam disto: