Mundo

5 erros no enfrentamento da pandemia de cidade equatoriana em colapso

Guayaquil: pessoas descarregam leva de caixões vazios para vítimas do novo coronavírus, Equador, dia 8/4/2020 (Vicente Gaibor del Pino/Reuters)
Nas últimas semanas, imagens de corpos de vítimas do covid-19 abandonados nas ruas da cidade de Guayaquil chocaram o mundo

Guayaquil, mais do que qualquer outra cidade equatoriana, paga por seus erros ao lidar com a pandemia de coronavírus.A capital econômica do país de 17,5 milhões de habitantes assistiu a imagens dantescas nos últimos dias.

Corpos foram vistos nas ruas embrulhados em sacos plásticos. O precário sistema de saúde entrou em colapso, com muitos profissionais infectados.Longas filas de veículos com caixões de papelão se formaram nos portões dos cemitérios.

E o pior ainda está por vir. As autoridades esperam até 3.500 mortos durante a pandemia.Segundo dados oficiais, a província de Guayas e sua capital, Guayaquil, concentram 73% dos quase 7.300 infectados, incluindo 315 mortos, desde 29 de fevereiro.

 

Fonte: Agência AFP via Exame

Comente com Facebook

É proibida a reprodução do conteúdo desse site.
%d blogueiros gostam disto: