CoronaVírusDestaques

Cepa da Covid-19 oriunda de Manaus é detectada no município de Ipu, diz SESA e COVEP

No dia 20 de janeiro de 2021, a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará SESA/CE, através da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica e Prevenção em Saúde – COVEP, deu início ao monitoramento de viajantes, contactantes, casos graves ou óbitos sem comorbidade aparente, sintomas suspeitos de Covid-19, após 14 dias da segunda dose da vacina e casos suspeitos de reinfecção no Estado do Ceará.

Até o dia 12 de maio de 2021, foram comunicados ao CIEVS 823 casos suspeitos de COVID-19 por contaminação de VOC. Das amostras respiratórias sequenciadas, houve a confirmação de 40 casos da VOC P.1. No documento divulgado na última sexta-feira (14), mostra o município de Ipu entre 12 cidades, que aparecem casos confirmados da cepa oriunda de Manaus. 

O gráfico mostra a distribuição dos casos da variante P1 identificada em (Fortaleza, Caucaia, Icó, Brejo Santo, Moraújo, Pentecoste, Santa Quitéria, Limoeiro do Norte, Meruoca, Ipu, São Gonçalo do Amarante e Antonina do Norte) do estado do Ceará analisados por meio de sequenciamento total. (FOTO ABAIXO)


 Na tarde de quinta-feira (20) de maio, o prefeito do município Robério Rufino, preocupado com o aumento de casos das últimas semanas, anunciou a mudança da Unidade de Pronto Atendimento Contra o Covid-19 (UPAC), para uma ala nova com maior capacidade, em live em sua página oficial.

O gestor municipal afirmou durante a live ao lado do secretário de saúde, Sebastião Rufino, e o ex-prefeito Sérgio Rufino, que se a situação continuar desta forma, ele poderá tomar medidas mais rígidas até mesmo com o fechamento do comércio e entradas da cidade por uma semana.

 

Nas últimas semanas, o município que fica localizado na Serra da Ibiapaba, cerca de 300 quilômetros da Capital cearense, registrou aumento dos casos pelo novo coronavírus, com isso o prefeito do município emitiu decreto proibindo a comercialização e venda de bebidas alcoólicas em locais públicos e privados até o dia 24.

O que pode ter levado o município de Ipu a chegar na atual situação?

Agências bancárias: A vinda de pessoas de vários municípios da região, como  Hidrolândia e Santa Quitéria entre outros causando enormes filas em agências de bancos do município de Ipu nos primeiros meses de 2021. Recentemente, o município de Hidrolândia, confirmou detecção de casos da cepa de Manaus.

Em fevereiro, o município de Santa Quitéria, registrou um um aumento repentino no número de casos e mortes pela infecção. Na época, o prefeito da cidade ao lado da secretaria de saúde, decretou lockdown total das atividades não essenciais para tentar conter a propagação do vírus. Hoje Santa Quitéria também aparece como uma das 12 cidades com casos da mutação de Manaus.

Aglomerações e descumprimento de decretos: As aglomerações especialmente nos finais de semana,  em locais públicos e privados, foi outro fator que pode ser preponderante no aumento de casos no município. Várias denúncias em redes sociais mostrando fotos e vídeos de festas clandestinas circularam na rede, deixando em aberto a falta de compromisso e humanidade por parte de quem faz.

Contingente e estrutura de ajuda do Estado: Desde o início da pandemia equipes da linha de frente de combate à pandemia, com agentes da Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária, Autarquia de Trânsito, Policiais Civil e Militar tem realizado trabalho diariamente, porém o número é pequeno para o município.

É justamente por causa disso, que não tem como haver uma cobertura total do território, isso se dá justamente pela falta de apoio do Estado.

 

 

Da Redação do Ipu Post
Fonte: SESA (Acesse o documento clicando aqui)

Comente com Facebook

É proibida a reprodução do conteúdo desse site.
%d blogueiros gostam disto: