Destaques

Ipu atinge meta de vacinação da 1ª dose contra Covid-19 em 4 grupos prioritários

O município de Ipu conseguiu, até a manhã desta quinta-feira (1º), ultrapassar a meta de aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em, pelo menos, quatro grupos prioritários. Os dados foram extraídos no Vacinômetro da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa-CE). 

De acordo com a ferramenta, a meta de vacinação com a aplicação da primeira dose já foi atingida para profissionais da saúde; idosos; trabalhadores das forças de segurança, salvamento e forças armadas; e trabalhadores da educação.  

Os grupos prioritários foram os primeiros a receber a vacina no Ceará. Atualmente, são vacinadas no município pessoas acima de 45 anos. Ainda falta bater a meta os grupos prioritários: Gestantes e puérperas e Pessoas com Deficiência e Comorbidades.

Veja os números por grupo:

Cobertura vacinal da 1ª dose por grupos

Grupos Meta Aplicação (Dose um) Cobertura vacinal (D1)
Trabalhadores da saúde 732 860 117,56 %
Idosos (70 a 74 anos) 1.240 1.280 103,23%
Idosos (65 a 69 anos) 1.399 1.537 109,86 %
Idosos (60 a 64 anos) 1.792 2.246 125,33 %
Trabalhadores das Forças de

Segurança e Salvamento e Armadas

33 40 121,21%
Gestantes e puérperas 215 109 53,49 %
Pessoas com Deficiência e Comorbidades 1.451 852 58,72 %
Trabalhadores da Educação 553 722 130,56 %
População geral (45 a 59 anos) 3.672 1.865 50,79 %
População Geral (30 a 44 anos) 4.459 333 0.25%

Vacina com dose única

A população de 30 a 44 anos de acordo com o Vacinômetro da SESA, o município já aplicou a vacina com a dose única para 2.292 pessoas, sendo 1.018  doses para o público de 40 a 44 anos e 1.274 para o pessoas de idade entre 30 a 39 anos. Porém, a SESA diz ter distribuído apenas 415 doses do imunizante da vacina Janssen (única em dose única distribuída no estado)

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Ipu não existe vacinação ainda nessa faixa etária (30 a 44 anos) a não ser as pessoas dessa faixa do grupo prioritário. Segundo o secretário adjunto de saúde a SESA está equivocada com esses números divulgados pelo Vacinômetro.

Veja os números da distribuição e aplicação no Ceará (clique aqui)

 

Fonte: Ipu Notícias

Comente com Facebook

É proibida a reprodução do conteúdo desse site.
%d blogueiros gostam disto: