CearáPolitica

População de Santa Quitéria recebe novos CEI e Escola de Tempo Integral

Ipu Post

Santa Quitéria ganhou dois novos equipamentos voltados para a Educação. Nesta quarta-feira (23), o Governo do Ceará entregou primeiro o Centro de Educação Infantil (CEI) Mãe Trabalhadora Diretora Tânia Maria Lima da Silva, no bairro Flores, e em seguida, a Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) João de Mesquita Braga, na localidade de Trapiá. Os eventos tiveram a presença do governador Camilo Santana, da vice-governadora Izolda Cela, e do prefeito da cidade, Braguinha, além de outras autoridades.

“Nós estamos mudando a história do Ceará. Hoje temos a melhor educação pública do país, construída com esforço de vocês, educadores, professores, prefeitos, gestores, alunos e familiares. A gente olha para essa escola e fica feliz em dizer que ela não deixa a desejar nenhuma escola particular deste país. Aqui tem laboratório, ginásio, biblioteca, laboratório de computação, aqui tem tudo”, ressaltou o governador, que complementou. “A Educação liberta as pessoas, dá oportunidades iguais, diminui a desigualdade. É por isso que nós somos de uma geração que acredita que para construir um Ceará melhor, para construir uma Santa Quitéria melhor, somente através da educação”, disse Camilo Santana.

Conforme a Secretaria da Educação do Ceará, o investimento total na nova EEMTI é de R$ 5 milhões (5.053.498,37), com recursos oriundos do Estado e da União para construção, equipamentos e mobiliário. Já o CEI recebeu aporte que totaliza o valor de R$ 1,4 milhão (1.417.154,34), do Governo Estadual, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Tesouro Estadual, além de contrapartida municipal. Os equipamentos foram implantados sob supervisão da Superintendência de Obras Públicas (SOP).

“É muito importante poder estar na entrega de uma escola em tempo integral aqui em Trapiá. O nosso governo entende que os jovens cearenses, estejam eles nos centros maiores, nos distritos, ou nas áreas mais rurais, todos têm o direito de ter as mesmas condições e as mesmas oportunidades. Para finalizar, é importante dizer que a comunidade valorize e zele o colégio, ele é de vocês”, apontou a vice-governadora.

EEMTI

Com uma estrutura adequada à aprendizagem dos alunos, a EEMTI é constituída de pavimento térreo, seis salas de aula, biblioteca, laboratórios de Informática, Física, Química, Biologia e de Matemática. Há ainda quadra poliesportiva, salas para grêmio estudantil, vídeo, professores, coordenação e diretoria, além de anfiteatro.

A Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) João de Mesquita Braga pode atender até 270 alunos com a jornada ampliada. A unidade tem como gestor o professor Antônio Augusto de Mesquita Júnior e integra a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 7, sediada em Canindé, e dirigida pelo professor Paulo Alexandre Sousa Queiroz.

Para as alunas Ana Taiane e Maria Tainá, ambas da 1ª série do Ensino Médio, o sentimento é de ter a perspectiva de um futuro melhor. “Agora somos alunas daqui, moramos aqui perto e conseguimos vir a pé. O sentimento da gente é de um sonho realizado, de ver essa escola surgir do zero e se transformar em um colégio completo. Somos gratas, pois vamos ter mais oportunidades, para a gente e para os outros alunos. A gente vai ficar das sete da manhã às cinco horas da tarde, e com imensa felicidade”, disseram. A curiosidade é que ambas sonham em estudar Ciências da Computação.

O tempo integral faz parte do Programa Ceará Educa Mais, constituído de 25 ações destinadas à contínua melhoria da qualidade da educação cearense. Em todo o estado, 60% da rede pública estadual de ensino médio oferta esta modalidade de ensino. Desse total, 261 são Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, distribuídas em 130 municípios.

“Hoje a gente apresenta ao povo de Trapiá e entrega esta belíssima obra, que eu tenho certeza que vai fazer muito por nosso povo, vai somar muito para os jovens. Alunos, vocês serão peça fundamental e irão desfrutar desse equipamento. Vão passar uma grande parte da vida agora aqui, longe da rua, longe da ociosidade. A educação muda tudo”, agradeceu o prefeito Braguinha.

CEI

O Centro de Educação Infantil (CEI) Mãe Trabalhadora Diretora Tânia Maria Lima da Silva, no bairro Flores, é composto por quatro salas de aula, laboratório de informática, refeitório, cozinha, berçário, fraldário, dormitório, copa, recepção e playground. A melhoria da educação para as crianças de 0 a 5 anos é um dos compromissos assumidos pela atual gestão. Com o CEI em Santa Quitéria, já são 74 Centros entregues à população.

“Aqui em Santa Quitéria estamos entregando dois grandes equipamentos para a Educação. Um CEI para as crianças e a escola em tempo integral para os jovens. Aproveitem também para ser mais solidários, para amar mais e para agregar valores em suas vidas. Dessa forma vocês vão ter um presente mais consciente, um presente com visão realmente de futuro. E a escola é o lugar de sonho. Então, sonhem e façam valer o sonho de vocês”, destacou a secretária da Educação, Eliana Estrela.

O Governo do Ceará trabalha para entregar a universalização de Centros de Educação Infantil em todos os 184 municípios cearenses. As unidades fazem parte das ações do Regime de Colaboração entre Estado e municípios cearenses. Após a entrega, os CEIs são cedidos às gestões municipais.

Compareceram ao evento de inauguração o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, os deputados federais Denis Bezerra e Pedro Bezerra; os estaduais Bruno Pedrosa e Jeová Mota; além de lideranças comunitárias, vereadores, prefeitos da região e autoridades municipais.

 

Fonte: Governo do Estado

Comente com Facebook