DestaquesEsporte

Morre Toinho, mascote do Icasa que entrava no gramado segurando a estátua de Padre Cícero

Toinho, entrava em campo segurando a estátua de Padre Cícero. Reprodução/Facebook. (Torcedor símbolo e mascote do Icasa de Juazeiro do Norte no Ceará)

Toinho teve um mal súbito, segundo a perícia, enquanto caminhava neste domingo (17), pela Rua da Conceição, em Juazeiro do Norte.

 

Toinho, considerado o mascote do Icasa, que entrava sempre em campo segurando a estátua de Padre Cícero, morreu neste domingo (17), enquanto caminhava pela Rua da Conceição, em Juazeiro do Norte, Região do Cariri. Antonio Pedro da Silva era torcedor marcante pela sua fé. 

Segundo informações da Perícia Forense do Ceará, Toinho teve um mal súbito enquanto caminhava na rua. Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), esteve no local, mas quando chegaram, ele já estava sem vida. 

O corpo foi levado pela perícia ao Serviço de Verificação de Óbito (SVO), em Barbalha, por não se tratar de uma morte acidental. 

A página da Associação Desportiva Recreativa e Cultural Icasa publicou no Facebook, neste domingo a seguinte mensagem: “Vá com Deus Toinho. Sabemos que continuará torcendo e agora com uma visão privilegiada aí de cima. A torcida Icasiana e o Verdão do Cariri estão em luto. 

 

Fonte: Diário do Nordeste

Comente com Facebook