DestaquesPolicial

‘Não há motivo para pânico’ diz delegado sobre supostas mensagens de massacres em escolas de Ipu

Em entrevista concedida ao repórter Francisco José, Dr. Erick delegado titular de Ipu, afirmou que não há motivo para pânico, por se tratar tão somente de atitudes impensadas, de brincadeiras de crianças e adolescentes, referente a supostas mensagens de massacres, escritas em banheiros de escolas do município. 

Sobre o caso a Delegacia Municipal de Ipu recebeu denúncias de duas escolas, onde as tais mensagens foram encontradas nos banheiros. Concernente ao assunto de enorme repercussão a Polícia Civil emitiu uma nota de esclarecimento. Segue abaixo:

A Polícia Civil do Estado do Ceará, através da Delegacia Municipal de Ipu, vem através desta informar que, em parceria com o BPRAIO, realizou diligências em dois colégios do município em virtude de escritos nos banheiros que indicam a possível prática de atos criminosos nas dependências dos ambientes escolares e que como resultado de tal investigação, notou-se que se trata de atitudes impensadas de crianças e adolescentes que pensaram que tais atos ficariam restritas aos muros do colégio mas que ganharam uma grande repercussão por todo o município. 

As forças de segurança reforçam para toda a sociedade que não há motivo para pânico e que todo o corpo discente de qualquer colégio da cidade deve manter a rotina normal de estudo visto que não há qualquer indício de que ocorra algum ato criminoso nos referidos colégios. Esclarece, ainda, que tais atos não estão relacionados ao triste episódio que ocorreu nos EUA nesta semana, uma vez que os registros das ocorrências na DPC de Ipu ocorreram na semana passada.

Ouça na sonora abaixo a entrevista na íntegra com o delegado Dr. Erick Daniel: 


(Repórter Francisco José)

Comente com Facebook