DestaquesEsporte

Uma noite de gala do Fortaleza na Libertadores: classificação, festa e goleada na Arena Castelão

Ipu Post

Uma noite de gala do Fortaleza na Libertadores. No apogeu da Arena Castelão, diante de 52 mil torcedores, nesta quinta-feira (3), o time teve uma grande atuação na maior torneio de clubes do continente: 4 a 0 no Deportivo Maldonado-URU. Uma nova apresentação para a América do Sul de quem já desfrutou em 2022.

Longe da exibição do empate sem gols no Uruguai, o placar chega com os méritos de quem dominou o rival por inteiro com muita intensidade e corou o retorno do Gigante da Boa Vista, que esteve em manutenção durantes os últimos três meses, com gols de Galhardo, Guilherme e Lucero, duas vezes.

A sinergia erradiou para fora do campo também. Do hino à capela ao som ensurdecedor. A torcida tricolor foi um combustível necessário para o elenco cheio de expectativas e que, hoje, vivenciou o primeiro grande desafio da temporada de 2023. Tudo foi alimento para a grande exibição da equipe, que tinha potencial para brilhar frente ao rival uruguaio, inferior tecnicamente.

A vitória serve para confiança, moral, consolidação do trabalho e futuro. Na próxima fase, se vencer o Cerro Porteño-PAR, está na fase de grupos, onde caminhou em 2022. Em caso de queda, tem uma vaga na Copa Sul-Americana assegurada. De sobra, já ganhou mais US$ 600 mil (aproximadamente R$ 3,1 milhões).

BRILHO DO COLETIVO

O Fortaleza funcionou como um todo. No esquema 4-4-2 (4-2-3-1), o verdadeiro destaque foi o coletivo. No âmbito da estratégia, controlou e neutralizou as principais armas do Deportivo Maldonado-URU.

Elenco do Fortaleza comemora gol
Legenda: O Fortaleza apresentou destaques individuais na defesa, no meio-campo e no ataque
Foto: Kid Júnior / SVM

O sistema defensivo, por exemplo, foi muito sólido – Fernando Miguel sequer foi exigido. No meio, Hércules, Caio e Pochettino controlaram o ritmo e contribuíram com desarmes, entrega e movimentação.

No ataque, Thiago Galhardo foi protagonista, mas o time no geral se apresentou agressivo e propositivo. O reflexo está nos gols: três dos quatro foram construções ofensivas, com Lucero definindo o último com requintes de crueldade: um golaço. Os garçons foram Caio Alexandre, Hércules, Dudu e Guilherme.

SEQUÊNCIA DA TEMPORADA

 

Atleta do Fortaleza comemora gol
Legenda: O atacante argentino Lucero entrou no 2º tempo e marcou dois gols na goleada do Fortaleza
Foto: Kid Júnior / SVM

 

Em um momento da temporada com jogos em sequência e grandes desafios, o elenco do Fortaleza precisará mostrar força. O tempo para descanso é mínimo, o nível dos adversários cresce a cada estágio, e as competições se afunilam cada vez mais.

Após a Libertadores, o Leão tem um Clássico-Rei no domingo (5), às 18h30, pela Copa do Nordeste. Na próxima quarta-feira (8), encara o Cerro Porteño-PAR, pelo confronto de ida, também em casa – o horário ainda será divulgado pela Conmebol.

Vojvoda deve promover um rodízio nas peças para superar os compromissos, ainda com a fase final do Estadual. Por isso, o momento também é de respostas individuais. O time foi montado para essa situação e precisar corresponder ao calendário.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Comente com Facebook